Dicas para evitar e combater pragas dentro de casa

Quando chega o verão e as chuvas, começa também a temporada de pragas, que podem ser uma grande ameaça para a saúde. Apesar de parecerem inofensivos, esses pequenos insetos carregam vírus e bactérias e, por isso, podem ser transmissores de doenças graves, como explica o infectologista Caio Rosenthal.  Clique em Leia Mais e confira notícia completa.
Segundo os especialistas, uma das medidas mais importantes de combate a essas pragas é em relação ao lixo – moscas, formigas, baratas e até roedores são atraídos pelo lixo exposto. Por isso, dentro de casa, é importante ter boas lixeiras de plástico e deixá-las sempre fechadas. Já fora da casa, é melhor usar as caixas de lixo altas, que dificultam o acesso de animais pequenos, como cachorros, gatos e ratos, que podem abrir o lixo e deixá-lo exposto aos insetos.
Na cozinha, o principal cuidado é com a pia – pesquisas mostram que as casas de pessoas que secam as pias depois de usá-las têm menos chances de ter uma infestação de insetos.
Portanto, a dica dos especialistas é, após lavar a louça, jogar água fervente na pia para matar as bactérias e depois secá-la com um pano, para afastar as pragas. Fora isso, é bom evitar que alimentos fiquem na pia de um dia para o outro.
Em relação aos ralos, os especialistas lembram que eles são a conexão do esgoto com a parte de dentro da casa, ou seja, podem ser a porta de entrada para as pragas. Por isso, é essencial que eles tenham sempre o dispositivo para deixá-los fechados. Podem ser usados ainda tapetes de plástico ou capinhas plásticas, que também funcionam como uma barreira.
Além dessas medidas preventivas, existe ainda uma arma infalível no combate às pragas: o aspirador de pó.
Muita gente já tem esse aparelho em casa, mas não usa como deveria – ele é capaz de sugar restos de comida, insetos e sujeiras que nem estão visíveis, como por exemplo, os percevejos de cama que se localizam geralmente debaixo do lençol e nas dobras do colchão.
Se a ideia, no entanto, for usar o aspirador para “varrer” pragas vivas, como formigas e baratas, a sugestão dos especialistas é colocar inseticida em pó dentro do saco do aparelho antes de usar.
Como combater mosquitos?
A dica é variar as armas de combate – colocar telas e fechar as janelas no fim da tarde são medidas que ajudam bastante. Além disso, o uso de ventiladores e até do ar-condicionado também pode espantar os mosquitos, que não gostam de ficar em locais de temperatura baixa.
Outro fator que pode atrair os pernilongos é a água parada – a dica, portanto, é colocar areia no vaso para absorver o líquido e evitar que o mosquito pouse.
Se mesmo assim o problema persistir, a dica do infectologista Caio Rosenthal é o repelente – mas o médico alerta que,  antes de aplicar no corpo todo, é preciso fazer um teste em uma pequena área da pele para avaliar se não há reação alérgica.
Para quem tem alergia a picada de pernilongo, principalmente as crianças, a dica é optar por um antialérgico. Pode acontecer ainda de a pessoa coçar a região que foi picada, o que traz riscos de infecção por causa das bactérias escondidas debaixo das unhas. Portanto, é bom evitar coçar a pele e usar sempre álcool gel nas mãos.
 Fonte: G1 São Paulo/13 de janeiro de 2014.


Esta notícia foi lida 278 vezes.

Comentários estão desabilitados.